Rio Negro

Informações turísticas sobre o Rio Negro

A Província de Rio Negro ocupa um amplo corredor no sul do país, entre a Cordilheira dos Andes no oeste e as costas do Oceano Atlântico no leste. Ambas as geografias, tão diferentes, são mais conhecidas por terem centros turísticos de grande importância. San Carlos de Bariloche é a cidade "estrela" por sua posição na zona andina e por ser um centro turístico de excelência. Tanto no verão como no inverno, as atividades turísticas não diminuem, e destacam-se as festas populares como o festival da neve, o festival do chocolate, o festival do curanto, o festival das coletividades, entre outros. Ao norte, a província tem os rios Limay, Neuquén e Colorado. Finalmente, a região central contrastante da estepe é interessante por seus cânions entre vulcões e serras, riachos e lagoas temporárias, nos quais se destaca seu patrimônio paleontológico e arqueológico. Entre suas atrações, destacam-se as seguintes: Circuito Chico - Cerro Tronador - Rio Azul - Parque Nahuelito - Cerro Piltriquitrón - Parque Nacional Nahuel Huapi - Puerto Blest e Cascada de los Cántaros.
Rio Negro

Informações gerais

Rio Negro é ubicated no centro-norte da região da Patagônia. Sua capital é Viedma e sua cidade mais populosa é San Carlos de Bariloche.

Esta província está dividida em quatro paisagens deslumbrantes: para o leste a costa atlânticapara o oeste o região montanhosapara o norte a vale superior do rio Negro e para o sul o Planaltos patagônicos.

Seu clima é temperado-frio, e as temperaturas médias anuais variam entre 10º e 12º Celsius.

Tem uma pluralidade de lugares atraentes para visitar, e sua principal atração é a área do lago. Além disso, tem seu epicentro em San Carlos de Bariloche. O Lago Nahuel Huapi, Cerro Catedral e Cerro Tronador estão localizados ali. Você também pode desfrutar de suas incríveis florestas andinas, rios e lagos. Para aqueles que procuram relaxar na costa argentina, Las Grutas é uma excelente opção. É caracterizada por ter as águas mais quentes da costa argentina.

Capital de Rio Negro

Viedma está localizada no setor nordestino da Patagônia argentina. Ela fica na margem direita do rio Negro, em frente à histórica Carmen de Patagones.

É considerado o porta de entrada para a província de Rio Negro e a região de mais antiga exploração e conquista.

Viedma tem vários museus para visitar, tais como o Museu Antropológico e o Museu Gardelian. Além disso, possui vários prédios de grande hierarquia. Entre eles, a Casa do Governo da Província de Rio Negro e a Legislatura Provincial. Em resumo, é uma cidade atraente com uma história muito interessante para visitar e conhecer.

O que fazer na Patagônia?